sexta-feira, 27 de abril de 2012

Qual a importância da viscosidade dos fluidos para os motores?



Os primeiros lubrificantes usados foram a gordura vegetal, animal e água, evitando o desgaste devido ao atrito. A viscosidade é a principal propriedade dos lubrificantes, porque é ela que vai reduzir o atrito e o desgaste.

O óleo do motor é o fluido que lubrifica todas as partes internas do motor. Sua função é refrigerar, limpar e remover impurezas decorrentes da combustão e evitar atrito entre as peças móveis.
A viscosidade define-se como a resistência que um fluido oferece ao escoamento a uma determinada temperatura. Portanto, quanto mais viscoso for o fluido, o escoamento será mais lento, e quanto menos viscoso, mais rápido será o escoamento. Quanto mais baixa for a temperatura, mais viscoso ou espesso, o fluido se torna. Quanto mais alta for a temperatura, menos viscoso ou mais fino o fluido se torna.


Após a troca do óleo, com o passar do tempo ele perde a sua viscosidade. E é a viscosidade que faz com que o óleo permaneça por mais tempo revestindo as partes móveis que ficam em contato dentro do motor. Perdendo essa viscosidade, o atrito entre as peças poderá comprometer o bom funcionamento do motor, diminuindo sua vida útil, reduzindo o desempenho, consumindo mais combustível e a médio e longo prazo, provocar desgaste prematuro nos anéis, fazendo com que o motor queime óleo.





Fontes: LubrisilvaLubesEbah