sábado, 4 de junho de 2011

Mina de Urânio em Caetité-ba

  Contam que antigamente, há mais de 200 anos, Caetité era caminho do ouro, que saía da Chapada, era levado até o mar e embarcado para Portugal. Hoje a história é outra: já sabemos que estão aqui, em nosso solo, as nossas próprias riquezas, como o ferro, a ametista, o manganês e o urânio. O urânio é um dos maiores recursos do mundo atual, porque com ele se produz a energia elétrica que precisamos para viver melhor, para desenvolver nosso município, Estado e pais.
Mina de urânio de caetité-ba

A descoberta dessa riqueza começou em 1971, quando um levantamento aéreo, feito pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), indicou a presença de urânio. Depois disso, muitas pesquisas foram feitas por geólogos, que se embrenharam por esses sertões, examinando amostras das rochas, analisando a formação do solo, enfim, fazendo muitos estudos para atestar as qualidades do urânio e medir o tamanho da reserva.
De acordo com os estudos feitos, a reserva é de 100 mil toneladas de urânio, ou seja, um terço de toda a reserva brasileira conhecida até hoje. Em 1999 começou a funcionar a unidade de mineração e beneficiamento de urânio – a URA Caetité, que abriu um novo caminho – o caminho do urânio, que sai de Caetité e leva energia para o Brasil.
De Caetité para o mundo – como o urânio se transforma em energia.

Fontes:
Fonte1 ; Fonte2

2 comentários:

Professor Quiriate disse...

Muito bom o material que juntaram aqui, mas deveriam falar mais sobre os prós e contras do uso da energia nuclear

kaike disse...

Os pros e contras, a energia nuclear, nos colocamos em riscos e beneficios que ta na postagem a baixo