sexta-feira, 1 de abril de 2011

Efeito Maré

O que é ?

  Marés são movimentos periódicos de rebaixamento e elevação das grandes massas de água formadas por oceanos, mares e lagos, provocados pela atração gravitacional da Lua e do Sol sobre superfície terrestre. Quase imperceptíveis nos pequenos lagos, as marés assumem grandes proporções nos mares e nos oceanos



Como ocorre ?

Contrariando a crença popular de que a Lua “puxa para cima” a água dos mares e oceanos, essa atração só consegue deslocar lateralmente as grandes massas fluídas, ocasionando as marés. Elas ocorrem duas vezes por dia, com duração de seis horas e doze minutos para cada movimento (enchente e vazante).

A principal determinante da maior ou menor amplitude das marés é a combinação do movimento de rotação terrestre com o da revolução da Lua em torno da Terra, mas a situação geográfica e as peculiaridades topográficas de cada região também podem exercer influência. Em algumas áreas do oceano Pacífico as marés são medidas em centímetros, contrastando com as altas marcas alcançadas em outras, onde as diferenças são de metros. Quando o mar atinge o seu nível mais alto, dá-se a isso o nome de maré alta, maré cheia ou preamar; e quando está no mais baixo, dizemos que é a maré baixa ou baixa-mar. As diferentes ocorridas ao longo dessas variações, são definidas como:

Preamar - nível máximo de uma maré cheia.
Baixa-mar - Nível mínimo de uma maré vazante;
Estofo - Ocorre entre marés, um curto período sem qualquer alteração na altura de nível;
Enchente - Período entre uma baixa-mar e uma preamar, quando a altura da maré aumenta;
Vazante - Período entre uma preamar e uma baixa-mar, quando a altura da maré diminui;
Altura da Maré - Altura do nível da água, num dado momento, em relação ao plano do zero hidrográfico;
Elevação da Maré - Altitude da superfície livre da água, num dado momento, acima do nível médio do mar;
Amplitude de Marés - Variação do nível das águas entre uma preamar e uma baixa-mar imediatamente anterior ou posterior;  

Curiosidade:

A amplitude da maré difere dia após dia conforme a posição do Sol e da Lua. Quando ambos se colocam numa mesma linha em relação à Terra, como acontece na Lua Cheia e Nova, a maré fica mais alta do que o normal e é chamada de maré de Sizígia, ou maré de águas-vivas. Quando o Sol e a Lua formam com a Terra um ângulo reto, como quando a Lua está em quarto crescente ou quarto minguante, a maré é mais baixa que o normal, sendo chamada maré de Quadratura, ou maré de Águas-Mortas. A própria formação da costa marítima produz também uma grande diferença na amplitude da maré. Nos estuários e baías com o formato de funil, a amplitude pode ser muito alta. A forma, tamanho e profundidade dos mares e oceanos provocam diferenças no modo de agir da maré.

Um comentário:

Professor Quiriate disse...

Olha só e não que coloquei esta ultima imagem na prova!!!